sábado, 31 de maio de 2014

Da Série: Jogos da infância (11)

Sim, apesar de ser menos mulherzinha do que a média, eu também lia Capricho e fazia seus testes.
A diferença é que eu fazia por diversão e não como guia de comportamento.

-----------



1. Você chegou na escola e percebeu que ainda faltam 15 minutos para a aula começar. O que você decide fazer? Ok. Não estou na escola, vou apenas fingir...
a) Encostar em um canto qualquer e cochilar durante esses 15 minutos. (Não sei cochilar só quinze minutos!)
b) Sentar no pátio da escola e ficar observando como as pessoas agem e como estão vestidas. (Que é isso? Teste para as Patricinhas de Beverly Hills?)
c) Puxar papo com alguém que esteja por perto. (Falar com alguém antes das 9h? Never!)
d) Pego meu celular para olhar o Instagram, meu iPod para ouvir música e uma revista para folhear. (Yep!)

2. Como é o fim de semana perfeito para você? Depende do meu humor!
a) É aquele em que eu não tenho obrigação nenhuma e posso passar o dia embaixo do edredom assistindo seriados. (Sim...)
b) É passar o dia no shopping ou fazendo compras com a minha mãe. (Que é isso? Teste para as Patricinhas de Beverly Hills?)
c) É ao lado das minhas amigas conversando e rindo muito com elas. (Também...)
d) É agitado! Com balada, churrasco, cinema, jantarzinho... (É, também...)

3. Uma garota que nem é tão sua amiga comenta que você deu uma engordada. Como você reage?
a) Vou embora e deixo ela falando sozinha. (Aloka!)
b) Falo que gorda é ela! (Ou no meu estilo: "Teu cu!")
c) Explico que não somos amigas e que ela não tem liberdade para falar assim comigo. (E eu ainda perco meu tempo explicando algo?)
d) Falou comigo? Oi? (Bateu palma e abriu coração, que nem favelada, ne?)

4. Como é seu material da escola? Seus cadernos, estojo, mochila, canetas...
a) São os mesmos do ano passado. Tenho preguiça de comprar coisa nova sempre. Se dá para usar de novo, eu uso. (Claro, sustentabilidade...)
b) Ah, são parecidos com os de todo mundo. Todo ano tem uma modinha nova na escola. (Isso me lembra mesmo minha época de escola e as mochilas da Jamf.)
c) São básicos. Não presto atenção no que está na moda em relação a material escolar. (Existe moda disso?)
d) Puts, são uma bagunça! Eu vivo perdendo minhas canetas e minha mochila da escola é um verdadeiro caos. (Também não exagera, né?)

5. Você odeia profundamente quando sua mãe pede para você... Quanto drama!
a) Acordar cedo no fim de semana. (Seria, mas ela não me pede isso...)
b) Parar de mexer tanto no celular. (Ela mexe mais do que eu...)
c) Falar um pouco menos. (Seria, mas ela não me pede isso...)
d) Arrumar o quarto. (Simmmmmm. Meu quarto, meu território)

6. Onde você anota seus compromissos importantes e as datas de provas da escola?
a) Ih, não anoto! (Aloka!)
b) No bloco de notas do celular. (Nãããã...nem uso essa porra pra isso!)
c) Em uma agenda. (Simmmm...)
d) Em vários papéis diferentes que ficam espalhados pela minha bolsa (Aloka dos papéis!)

O resultado foi tão perfeito que eu tive que dar um print...


#testedacaprichoémelhordoqueastróloga

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Da série: "Querido diário... (18)


De vez em quando eu me afundo nessa tristeza!
Essa certeza que o mundo me odeia!
Essa vontade de voltar no passado e ir embora pro infinito, no lugar do meu pai!
Essa coisa de achar que, se eu morresse, ninguém iria ficar triste por muito tempo!
Esse pensamento de me achar um fardo!
E aí eu paro e penso: TPM de novo, maluco?"

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Da série: Relacionamentos... (4)

...e a arte de fazer concessões!

Com certeza você já ouviu por aí que "para um relacionamento dar certo, você tem que saber ceder!"

E aí, muitas vezes, você abre mão: do chopp com a galera, do shopping com as meninas, do almoço em família, da viagem de intercâmbio, do curso de teatro, enfim, da sua vida social.
E ela(e)? Continua chegando tarde por causa do happy hour, não larga o video-game mesmo que você passe sem qualquer vestimenta em frente à TV, te arrasta para reuniões (semanais e obrigatórias) de família/amigos e sempre reclama que precisa de espaço.

E a relação fica desgastada, devido às brigas.
Você não consegue entender porque ele/ela é incapaz de mudar certos hábitos.
Ele/ela se defende dizendo que sempre foi assim!
Você compara seu relacionamento com outros, apontando os erros dele/dela.
Ele/ela diz que a grama do vizinho é sempre mais verde!
Você grita, xinga, chora, bate e, mesmo assim, nada muda.
E, aos prantos, afirma que só você cede. Sempre! E que a culpa de tudo estar errado é dele/dela.

Sabe qual o seu erro?
Não perceber que:

* A opção de deixar seus amigos e familiares de lado é sua. Mesmo que ele/ela tenha imposto isso como condição para o relacionamento;
* O video-game/banda/futebol/karate pode ser o único momento da semana que ele/ela fazem algo que realmente gostam. E abrir mão disso, seria quase como abrir mão de um pedaço dele/dela mesmo;
* Talvez você abra mão das coisas que não são assim tão importantes pra você, mas que têm uma importância incalculável pra ele/ela;
* Relacionamento não é contabilidade. Fazer balanço das coisas, quase sempre termina em desapontamentos e discussões.
* Não existe fórmula perfeita. Nem sempre o que funciona pra outros casais, irá funcionar pra vocês!

Há alguns anos aprendi minha lição sobre o tema.
Minha dica: conversar, calmamente, sobre o assunto, antes que vire um monstro engulidor de felicidade.
Às vezes é difícil  eu sei, mas devemos SEMPRE ouvir o anjinho e enxotar o danado do diabinho dos nossos ombros, para viver em paz conosco e com os outros!

quarta-feira, 28 de maio de 2014

terça-feira, 27 de maio de 2014

Da Série: Realizando o sonho #1 (7)


#avançouuuuuuuuuuuu

Apesar de todo bla bla bla, a obra está andando muito bem obrigada!
Pelas fotos do site, já dá pra ver três andares e a fachada bonitinha.
Estamos planejando uma visita por fora (passar em frente, de carro), para conferir, no próximo fim de semana!
Felicidade? Que não cabe em mim!

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Da Série: Sonhos esquisitos (7)

Sonhei com o cachorro do meu ex-chefe!
Literalmente!
*.*

----------------------

Sonhei que meu ex-chefe tinha que viajar e deixava o cachorro dele comigo!
Só que o bicho ficava todo sentimental e começava a adoecer de saudade!
Aí eu TINHA que animá-lo e então passei a noite brincando com ele!
Até que o dono voltava e eu tive que me despedir...
:')

----------------------

Acordei preocupada com o bichinho.
Esse tipo de sonho, às vezes é um sinal, sei la...
Mas já soube, pelo dono, que ele está ótimo, esbanjando saúde!
=)

sábado, 24 de maio de 2014

Da Série: Rapidinha do Trânsito (7)

E aí que fui fazer prova na Rocinha (faço faculdade à distância).
E marquei de almoçar com meu namorado na Barra às 14h.
Mas, a prova começou às 13:30 e só nos liberaram às 14h (para que outros pudessem chegar e tal).
Saí correndo, na esperança de não me atrasar tanto! Quando estávamos passando pelo estacionamento, um menino surgiu, se apresentando como um dos alunos do curso e oferecendo carona para quem quisesse ir para a Barra.
Eu nunca tinha visto o tal menino antes, mas...

Ele: To indo em direção à Linha Amarela. Alguém quer carona?
Eu: Opa!
Ele: Beleza...
Eu (entrando no carro): Só uma coisa: você não tem o costume de matar as pessoas pra quem dá carona não, né?
Ele (sem qualquer emoção): Normalmente não.
Eu: Ok. Vou ficar no Downtown!

E sim, chegamos (eu e uma colega) com vida no nosso destino.
Mas é sempre bom se assegurar antes, ta gente?

beijooo!

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Da Série: Rapidinha do Trabalho (12)

16:30.
Uma das gerentes, responsável por três áreas da empresa, senta ao meu lado com seu notebook e declara.

 "Pessoal, tenho até 18h para resolver todas as pendências! Sério! Foco na PICA!"

E assim, nós terminamos nossa semana!

;)

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Da Série: Momento musical (17)

Porque:
- eu amo a voz desse cara;
- Danilo vive cantando essa música pra mim;
- To breguinha a beça hoje...

-------------------

Creed 

Well I just heard the news today
It seems my life is gonna change
I close my eyes, begin to pray
Then tears of joy stream down my face

With arms wide open
Under the sunlight
Welcome to this place
I'll show you everything
With arms wide open
With arms wide open

Well I don't know if I'm ready
To be the man I have to be
I'll take a breath, I'll take her by my side
We stand in awe, we've created life

With arms wide open
Under the sunlight
Welcome to this place
I'll show you everything
With arms wide open
Now everything has changed
I'll show you love
I'll show you everything
With arms wide open
With arms wide open

I'll show you everything
Oh yeah
With arms wide open
Wide open

If I had just one wish
Only one demand
I hope he's not like me
I hope he understands
That he can take this life
And hold it by the hand
And he can greet the world
With arms wide open

With arms wide open
Under the sunlight
Welcome to this place
I'll show you everything
With arms wide open
Now everything has changed
I'll show you love
I'll show you everything
With arms wide open

With arms wide open
I'll show you everything oh yeah
With arms wide open
Wide

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Da Série: Rapidinha do Trabalho (11)

Já contei sobre ele aqui
É um cara do meu trabalho mega competente, prático e direto. 
Ou seja...

-----

Após solicitar a ele uma coisa por e-mail, a gerente comercial pediu a mesma coisa verbalmente, quando ele entrou na sala. E aí...

Ele: Com todo o respeito? OLHA O SEU E-MAIL!

E saiu da sala.

-----

Vocês podem não achar graça, mas eu me cago de rir com essas grosserias educadas!

terça-feira, 20 de maio de 2014

Da Série: Twittando no Blogger... (61)

E o que aconteceu? Deixei outro trabalho pra cima da hora e cá estou eu, desesperada, terminando ele, porque tenho até às 23h para enviar. #beeeesta

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Da Série: O lado bom da vida (3)

Sim, eu tenho a fama de ser rabugenta.

Mas existe gratidão nesse coração cheio de amargura, eu juro.

Provas?

Hoje eu acordei feliz por saber que tenho:
- Mãe: que me mima, que me irrita, que me ensina, que me consola, que se empolga com cada projeto meu, que me faz rir horrores, que ri horrores de mim, que me ensinou a ser a pessoa que eu sou.
- Irmãos: que são meus portos seguros, que são meus exemplos, que são meus protetores, que são meus protegidos, que são as pessoas pelas quais eu sou capaz de matar.
- Família: que se orgulha de mim, que se importa comigo, que torce por mim, que ri das minhas palhaçadas, que não está SEMPRE presente, que fazem parte da minha história.
- Namorado: que é meu parceiro, que me complementa, que faz parte de cada planejamento da minha vida, que me entende como ninguém, que é meu orgulho, que é uma das melhores pessoas que eu conheço, que é o amor da minha vida.
- Amigos: que são meus cúmplices, meus fãs, meus ídolos, meus amores!
- Pessoas: que sendo ou não meus AMIGOS, me fazem rir, me fazem sonhar, me fazem chorar (de emoção), me ensinam muito, me elogiam, me criticam, que, enfim, fazem de mim um ser humano.

=*

domingo, 18 de maio de 2014

Da Série: Falta do que fazer/falar (38)


"Strumming my pain with his fingers 
Singing my life with his words 
Killing me softly with his song
Killing me softly with his song
Telling my whole life with his words
Killing me softly, with his song"



sábado, 17 de maio de 2014

Da Série: Jogos da infância (10)

Eu sempre reclamo do lugar onde eu moro.
Mas uma coisa foi bastante positiva em crescer aqui: poder brincar na rua.

Minha mãe, por exercer a função dupla de pai e mãe, sempre foi muito sistemática com a organização do nosso horário.
E, dentro do meu schedule, eu tinha a "hora de brincar" de 16:30 às 18:30...

E eu brincava MUITO!
Em casa, nos dias de muito frio, chuva ou cansaço!
Na rua, nos outros dias!

E as opções eram muitas: bolinha de gude, pião, elástico, corda, amarelinha, bicicleta, patins, pique-alto, pique-pega, pique-esconde, pique-pega-esconde (tinha que achar e pegar a pessoa), polícia-ladrão, menina-pega-menino (tipo polícia e ladrão, só que um time só de meninas e um só de meninos), elefante-colorido, alerta-cor, cinco cortes...

Só de pensar que, dependendo das minhas escolhas, meus filhos não terão a oportunidade de crescerem felizes e completos e estarão fadados a brincar com seus tablets e celulares, sinto o peso da máxima "crescei e multiplicai-vos!"

Bateu aquela nostalgia, sabe?
Vou ali brincar com meu Pou, fingindo que é um tamagoshi!


quinta-feira, 15 de maio de 2014

Da Série: Sonhos esquisitos (6)

De novo?
Sim, mas dessa vez sonhei com meu namorado.
Ahhhhh tá!

-----------

Meu namorado tinha amantes. Sim, eu disse no plural.
E eu descobri isso no início do sonho.
E passei boa parte da noite tentando encontrá-lo para confrontá-lo e socá-lo.
Mas ele era escorregadio, o que só fazia com que o meu desespero aumentasse.

------------

Acordei com um ódio sufocante.
Se nós já estivéssemos morando juntos, iria ser acordado com uma sacudidela, COM CERTEZA!

beijo!
=*

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Da Série: Sonhos esquisitos (5)

Sim, eu contei esse sonho pra pessoa, porque eu estava tentando entendê-lo...
Não se preocupem, segundo minha psicologia, se eu tivesse gostado da ideia, eu NUNCA teria contado nada pra ninguém!

-----------

Estamos em outra época, no século passado!
Ele, que na vida real também é um colega de trabalho, no meu sonho trabalhava em um projeto comigo.
Depois de algumas horas, debruçados sobre um papel (que parecia uma estratégia de guerra), ele me jogava sobre a mesa e tentava me beijar, enquanto tirava a própria roupa...
Eu me assustei, senti nojo (foi mal) e um desespero para tirá-lo de cima de mim, enquanto sentia o peso do corpo dele me apertando contra a mesa...

------------

Explicações?
Eu deveria ter acordado animada? Foi mal, então!

beijo!
=*

terça-feira, 13 de maio de 2014

Da Série: Twittando no Blogger... (60)

Eu e essa minha mania de deixar tudo pro último segundo...
To morta, mas entreguei as malditas ADs no prazo!


segunda-feira, 12 de maio de 2014

Da série: Cinco coisas sobre mim... (9)

Sobre minhas manias e neuras

1) Eu tinha vergonha do barulho do meu xixi
E ficava mirando nas laterais da privada para que ninguém ouvisse, quando estivesse em um banheiro público. Qual era minha preocupação? Saberem que eu estava fazendo xixi? Ridícula, né?
Hoje em dia nem me importo, mijo merrrrmo...

2) Eu SEMPRE tomo banho depois de defecar (para não dizer cagar)
Eu simplesmente me sinto suja se eu não fizer isso.
E deve ser essa a razão pela qual eu NUNCA cago fora de casa (no trabalho, por exemplo).
Claro que tem o lado de que eu quase sempre entupo privadas, como já contei pra vocês, e por isso tenho aquele medinho de passar vergonha. Mas a necessidade de me manter limpa é a principal, juro!

3) Eu preciso de um pretinho gostoso pra dormir
Sim, você é danadeeeeeeenha(o) e já me imaginou na cama com um negão, né?
Primeiro, vá tratar essa compulsão por sexo. Segundo, "pretinho gostoso" é o apelido do meu quarto.
Por quê? Ué, porque ele é escuro, seu estúpido!
Minha neura com escuro é tão grande que eu tampo todas as luzes do quarto, incluindo os leds da TV e do receptor da SKY.
E piora quando eu vou dormir na casa do meu amado. Lá eu tenho que usar o "rabugento" (tampa-olhos de dormir, sabe?) para conseguir ter meu sono da beleza.

4) Eu só pego no sono com o som do ventilador
Não importa a estação, não importa a temperatura.
O som do ventilador é o meu "nana neném".
Ele não precisa estar virado pra mim, só precisa estar ligado.
E por isso mesmo, SEMPRE que falta luz, eu acordo! E demoro um bocado pra voltar a dormir.
Tá, Light?

5) Eu, dificilmente, durmo de porta aberta
Primeiro, o barulho lá de fora vai me incomodar...
Segundo, o fantasma, quando passar no corredor vai me assustar...
E, com isso, não precisamos de mais motivos.

Beijo =*


domingo, 11 de maio de 2014

Da Série: Falta do que fazer/falar (37)


Te amo, mãezinha, obrigada por tudo!

E, como prometido, fica AQUI o resumo de algumas de suas pérolas, registradas nesses últimos 4 anos.


sábado, 10 de maio de 2014

Da Série: Jogos da infância (9)

Procurei e achei mais algumas perguntinhas para responder por aí.
Por quê?

Eu não tenho assunto. Eu tenho 14 anos, às vezes. O blog é meu e eu coloco o que eu quero. HAM!

----------------------------------

TAG: 13 perguntas pessoais

1. O que você costuma pedir no Starbucks?
Frappuccino, sem café...E croiassant tradicional, por favor!

2. Qual ítem do seu armário você não consegue viver sem?
Cara, não sou apegada às minhas roupas. Se tiver que participar do Esquadrão da Moda e doar tudo, nem vou ficar chateada! #FicaDica

3. O que é uma coisa que as pessoas provavelmente não sabem sobre você?
Eu sou bem carente e me faço de forte e machona porque acho que as pessoas vão me achar fraca e idiota se souberem como eu realmente sou...

4. Diga uma coisa que você quer fazer antes de morrer.
Pular de para-quedas. Não que eu queira morrer logo a seguir, né?

5. Qual a comida que você não consegue viver sem?
Arroz.

6. Qual a frase que rege a sua vida?
Viva cada dia como se fosse o último...um dia você acerta! Tum dum tss...

7. O que você gosta e não gosta sobre o YT?
YT = YouTube? Se sim: eu adoro os canais de humor inteligente. E o que eu não gosto de acessar, eu simplesmente não acesso, ué?


8. Qual é a sua música mais ouvida no iTunes?
Não uso isso, porque não tenho Icoisas, mas eu ouço muito a JB e a CIDADE. Então, ouço a mais tocada...às vezes, over and over again...


9. Como você definiria o seu estilo?
Um menino tentando se vestir como mulher...

10. Número favorito.
Four, Vier, Quatre, Quatro...


11. Dois hobbies.
Ler e dançar.

12. Duas coisas que te irritam pessoalmente.
Atraso e mentira. 

13. Um prazer culposo.
Beber meu chocolate quente da Cacau Brasil de cada dia, me dai hoje...

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Da Série: Rapidinha do Trabalho (10)

Daí que estamos no meio de vários processos seletivos para, inclusive, contratar um estagiário pra mim.
E aí já eram 18:32 quando a última candidata chegou.
Meu chefe entregou a ficha cadastral com a prova e disse a ela que voltaria em 30 minutos para entrevistá-la.
Ao retornar, sentamos para ver alguns fechamentos de mês.
Até que, ao finalizar a última pendência programada, ele diz que vai pra casa mais cedo, ajudar a esposa com a mudança.
E eu, olhando no relógio (19:45), pergunto:

Eu:  Mas você chegou a conversar com a candidata? Eu nem reparei...
Ele (arregalando os olhos): Poutz! Já volto!

E sim, a menina ainda estava lá, tadinha.
Eu nem ri, né?

Fim!

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Da Série: Rapidinha da mamãe (23)

Daí que minha mãe entrou na onda do smartphone há algum tempo e, aos poucos, foi aprendendo a utilizar suas ferramentas.
Uma delas, inclusive, é o sistema de mensagens automáticas e inteligentes, que ela SEMPRE usa, gerando situações como essa:


E, óbvio, ela não entendeu o meu sarcasmo e eu tive que ligar para, aos risos, explicar.
Só tu, dona Rose!

beijo!

terça-feira, 6 de maio de 2014

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Da Série: Rapidinha da mamãe (22)

Aí eu chego em casa e minha mãe está toda entretida assistindo STAR TREK!!
E eu tipo, WHAAAAT?!

Que foi? Eu disse que era rapidinha!
=P

sábado, 3 de maio de 2014

Da série: "Ahhhh, te amo!" (6)

Ele é um dos caras mais engraçados que eu conheço, além de ser o mais talentoso da família e o taurino mais sonhador desse mundo!
É também o aniversariante do dia, o irmão "imundície":

Johnny Wallace!

Num parece, mas ele ta fazendo 38 anos, minha gente!

14 anos e 1 dia.
Essa é a nossa diferença exata de idade.
E por isso, além de irmão e amigo, ele foi como um pai, no momento que eu e o Michelzinho mais precisamos.

Sempre presente na minha vida, apesar da distância, ele é um grande professor, principalmente no quesito paciência e amor ao próximo.



Defeitos? Váriooooooos.
Eu posso escrever um livro sobre isso.
Mas eu viro um touro se qualquer um resolver abrir a boca para dizer um "ai" sobre ele.

 Fatos importantes sobre ele? Ok!

- Como morou muitos anos "nas Oropa", ele, às vezes, esquece como dizer algumas palavras e expressões em Português. Também por causa disso, ele usa termos antigos como "discoteca" (boate), "furgão" (van) e "escopeta" (fuzil)...

- Ele é muito teatral. Para contar uma história ele tem que mostrar em detalhes o que aconteceu para que, segundo ele, a gente possa entender melhor. E por isso, ele faz expressões, caretas e vozes que nos fazem chorar de rir...



- Ele é extremamente elástico, para o meu ódio, que nem consigo alcançar as pernas na parte de alongamento do treino de Karate...




- Ele adooooooooooooooora aparecer, e, por isso, sempre que tem uma chance, ele tem que me pegar como parceira e arrasar na pista!

No São Nunca

Na festa de formatura...

Na festa em família...

- Ele é meu personal stylist, cabeleireiro, maquiador, conselheiro, irmão mais velho, melhor amigo e pai. O que faz impossível que não seja também o meu MAIOR ÍDOLO!

Imundíce, espero que entenda e sinta o quanto eu te amo e desejo que você seja feliz e bem sucedido.
Desejo um ótimo dia e que você possa comemorar outros tantos anos de felicidade!
Feliz Cumpleaños!

=*

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Da Série: Jogos da infância (8)

Parte 1
Parte 2
Parte 3

76: Você utiliza incenso regularmente?
Não, mas a minha mãe sim. E como eu moro com ela, é como se fosse eu, não?

77: Já se apaixonou?
Sim. Algumas vezes...quase nunca deu certo...

78: Quem você gostaria de ver em um show?
Michael Bublé *.*

79: Qual foi o último show que você viu?
Roupa Nova, eu acho.

80: Chá quente ou chá frio?
Gelado de pêssego, da Lipton...

81: Chá ou café?
Caféééééééé *.*

82: Açúcar ou adoçante?
Açúcar!

83: Você sabe nadar bem?
Não! Porque eu não tenho a técnica de me manter na superfície, de acordo com o Danilo...

84: Você consegue prender a respiração sem segurar seu nariz?
Claro. Você, não?

85: Você é paciente?
Claro que não, porra! (3)

86: DJ ou banda, em um casamento?
Bandaaaaaaa *.*

87: Já ganhou um concurso?
Não, só alguns campeonatos!

88: Já fez alguma cirurgia plástica?
Não, Anitta...

89: Quais são as melhores azeitonas, pretas ou verdes?
Verdes. São mais salgadinhas...

90: Você faz tricô ou crochê?
Não, mas eu queria saber...

91: O melhor lugar para uma lareira?
Na parede? Tum dum tss...

92: Você já viajou pra fora do seu país?
Infelizmente, não... (2)

93: Que lugares pretende conhecer?
As Oropa...

94: Qual era a sua matéria preferida no Ensino Médio?
Matemática! (Neeeeeeeeerd)

95: Você esperneia até conseguir as coisas do seu jeito?
Mais ou menos... Hehehe

96: Você tem filhos?
Não...

97: Você quer ter filhos?
Sim...

98: Qual é sua cor favorita?
Bluuuuuuuuuue

99: Você sente falta de alguma coisa da sua infância?
Sim, de poder brincar e dormir sem preocupações...

100: Você inventa..
Só sempre... (3)

...

(Acabou)

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Da Série: Susan Kate também é cultura.. (8)

E então, vejamos o que tivemos em abril...

----------------------------------------------------------------
Seriados

Sherlock (Netflix)

Fui assistir por indicação do meu amigo Waguin e simplesmente AMEI!
É uma versão moderna da obra literária, muito bem adaptada!
O ator tem uma cara de assassino, digna de um gênio!
Único ponto negativo é que, como os episódios são gigantescos, só têm três episódios por temporada!
Whaaaaaaat!?
Mas, assistam!

----------------------------------------------------------------

Filmes

A vila (Telecine Play)

Filme antiiiiigo, eu sei.
Assisti a primeira vez há uns 8 anos, no curso de inglês.
Achei muito interessante a ideia da fuga da realidade.
Acaba sendo uma solução para esse mundo violento que vivemos.
Mas, prova que a evolução da Medicina é de extrema importância na sobrevivência e longevidade humana.


Divergente (Cinema)

Mais um filme adaptado de um livro para jovens adultos.
Eu não conhecia a história. Vi um trailer, achei que seria interessante, mas acabei assistindo porque era o que tinha no horário.
Acabou que eu adorei! Já comprei os livros e comecei a ler o primeiro
É, segundo minha interpretação, uma crítica a habilidade das pessoas de se classificarem em categorias, como que por sobrevivência.
No livro/filme, as pessoas são divididas de acordo com suas características mais eminentes e aquelas que apresentam mais de uma são consideradas “Divergentes” e, por isso, devem ser eliminadas.
Bem parecido com a nossa sociedade preconceituosa e classificadora...
Além da história, eu fiquei apaixonada pelo ator Theo James e, por isso, super recomendo!
  
----------------------------------------------------------------

Espetáculos

Casa, depois me conta... (Teatro Vannucci)

Pra resumir: a história é fraca, mas os atores são excelentes!
Achei muito estereotipada e carregada de preconceitos.
Além disso, misturou stand up com peça e não achei o resultado legal.
Mas, como disse, os atores são muito bons e engraçados.
Mehh, não recomendo! =/


Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos (Teatro Clara Nunes)

Ameizão!
Ótimos cantores e atores. Músicas lindas!
Eu não conheço nenhum dos musicais, mas achei que o resultado foi uma história coerente e interessante.
Pra variar, nós (eu e momozin) participamos da peça, em um momento que alguns dos expectadores subiam ao palco.
Nossa, super recomendo!
  
----------------------------------------------------------------

Fué Fué Fuéééé...

Como disse, anteriormente, eu comprei três livros e, por isso, terei mais sobre o que falar sobre isso no mês que vem...

beijo =*