quarta-feira, 20 de julho de 2011

DIA DO AMIGO

Há aquelas que, de tanto tempo na minha vida, faz com que nossas historias se cruzem e misturem a tal ponto que eu nem sei mais qual é minha e qual é delas...Só sei que eu amo e preciso delas para ser feliz!


Há aqueles que eu classifico como os melhores presentes que o ISERJ me deu. Aqueles que apesar da distância física estarão para sempre em meu coração!


Há ainda a loira e a ruiva que sempre me fizeram rir e me ensinaram um bocado sobre tudo...TUDO MESMO... incluindo salsa e zouk...


Há ainda as paixões da minha vida. Os Uerjianos. Que fazem o meu dia a dia escolar muito mais feliz!


Há os amigos de luta! SÉRIO! Que me ensinaram sobre a força de uma amizade verdadeira!



E o povo da EPE e da UFRJ que fazem eu me sentir uma pirralha mui amada...




E há, é claro, os meus irmãos, meus melhores amigos e razões da minha vida!


Por fim, há o amigo, o companheiro, o meu amor...Que me faz ver a vida com outros olhos e me ensina muito a cada encontro.


Há muitos, muitos outros que eu amo muito...
E para todos eles eu mando um grande abraço com um beijo estalado na testa!

FELIZ DIA DO AMIGO!

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Da Série: Trabalhada na roupinha social... (7)

E num é que o treco no meu olho ficou pior?
Na quarta-feira eu acordei com a cara assim:



Fui correndo à oftalmologista que me tranquilizou dizendo que, apesar de feio, era apenas uma espécie de tersol e que com um pouco de colírio e descanso dos olhos, eu melhoraria rápido.
Aí assinou um atestado de dois dias e me mandou pra casa.

Ao chegar em casa, expliquei a situação para os meus chefes e colega de trabalho e mandei-lhes a foto acima.

Hoje, ao chegar no trabalho tive que ouvir muita gozação, é claro!

"Você apanhou?" "Aí, foto bacana, hein?!" "Ta com sono? Seu olho ta meio fechado!" "Foi fantasiada de Olho Tonto Moody para ver a estreia de Harry Potter?" (Sim, eu vi a estreia, mas isso fica pra outro post...)

Mas a melhor (ou pior) foi minha chefe (mais uma vez).

Ao cruzar por mim, ela quis saber se estava melhor.

Eu: Melhorei, ó!
Chefe (analisando): Ahnnn..... não! Ainda tá esquisito!

Oo' (Esse emoticon ta muitooooooooo parecido comigo!)

quinta-feira, 14 de julho de 2011

terça-feira, 12 de julho de 2011

Da Série: Trabalhada na roupinha social... (6)

E eis que hoje eu acordo com o olho direito meeeega inchado!
Tipo como? Tipo isso aqui:


E aí pensei: "E agora, Juvenal? Comodiabos você vai trabalhar com essa cara de Amaral?"
Num tive dúvida, enfiei meus óculos escuros e parti para o ponto de ônibus!


Mas, ao chegar DENTRO da empresa, a razão natural de usar óculos de sol (o sol...dããããã) acabou, começando então o constrangimento. Meu olho tava enorme (bem maior que nessa foto) e a luz artificial machucava os meus olhos já castigados pelo maldito tersol. Por isso, sentei na minha mesa, ainda usando os óculos e me pus a trabalhar.
Meus colegas de trabalho, fofos que são, começaram a me sacanear.

"Solzão, hein?"; "Que glamour é esse, gata?"; "Ficou metida?"
Além de alguns dialogos comédias, tipo esses:

Chefe (olhando para os meus óculos com uma cara de espanto): O que aconteceu com você?
Eu (rindo e levantando os olhos): Isso!
Chefe (com um tico de repugnância na voz): Tá, pode abaixar esses óculos.

Advogado: Isso é conjuntivite ou excesso de vontade de ser fashion?
Eu (rindo): Ihhh, deixa eu ser fashion!
Advogado (rindo): Tá bom! Só num precisa exagerar!
Eu: Iiii, você ficar aí sendo fashion, todo Mauricinho, e eu não falo nada!
Advogado: Hahahaha! 

Eu fiquei incomodada o dia inteiro, indo lavar os olhos e as mãos com água morna de uma em uma hora.
Massss, graças a Deus, pude vir direto para a minha casa e agora, depois de contar isso para os meus poucos (porém fiéis) leitores, irei fazer compressa de água morna pela enésima vez e ficar deitadinha (possivelmente com o olho direito fechado) vendo TV.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Da Série: Twittando no Blogger... (24)

Maluco...
.
.
.
To viciada nesse blog aqui, ó! =) #prontofalei

Da série: Cinco coisas sobre mim... (5)

Coisas inúteis do dia a dia

1) Eu ouço a rádio o dia inteiro: Eu amooooo ouvir JB e SulAmerica Paradiso, qualquer hora do dia, mas principalmente pela manhã. Eles têm as melhores seleções de músicas que sempre me fazem sonecar gostoso a caminho do trabalho. E eu tbm amoooooo os carinhas que comentam durante a programação da JB. Me amarro, sobretudo:
* No carinha que dá o boletim do trânsito - Ele fala de um jeito muiiiiiiiiiito legal, cheio do molejo...("Carlos...Eduardo...Cardoso...Repórter aéreo...JB Fm)
* No carinha que comenta os filmes que estão em cartaz no cinema. Ele é superrrrrr sincero e tem um jeito peculiar de descrever os filmes. Vocês já devem tê-lo ouvido...o Rubens Ewald Filho.
* No carinha que fala sobre o painel econômico (e algumas vezes, político) do Brasil. Eu gosto da voz dele e da simplicidade como ele explica as coisas. E minha frase preferida é a dele. Ele sempre termina os "artigos" dele com "Eu sou Alex Campos. Boa Noite e Boa Sorte!". FODA!

2) Eu como chocolate todo dia: Tem um tiozinho tricolor que fica na esquina do mosteiro de São Bento. É ele quem me fornece as barras diárias de "Baton" de chocolate preto. A cantina do G1 (já no meu prédio) é minha fornecedora oficial de brigadeiros. E a máquina de chocolate do meu andar é responsável pelo chocolate quentinho que eu bebo todos os dias (umas 3 vezes por dia, acompanhado, de manhã, por um pãozinho gostoso preparado pela minha mamãezinha linda). Eu acho que o nome disso é vício. Mas eu não sei (e nem quero) me livrar dele. Sou daquelas que declara muito feliz que "Vida sem chocolate não é vida!".

3) Eu adorooo um telefone: Eu ligo para o meu namorado todos os dias, 15 mil vezes, pelo menos. Ligo para a Best, para o Waguin, para a minha mãe, para a Palominha, para o Papera, para a Dolly. Quando NINGUÉM pode me atender, eu ligo para o serviço de atendimento de uma das minhas operadoras (plural mesmo, são três, idaí?), só para ouvir uma voz simpática/autoritária ("aperte 'jogo da velha' para ficar ouvindo uma musiquinha chata"). O nome disso? Compulsão. E um cadinho, quase imperceptível, de carência!

4) Eu sempre compro guloseimas de ônibus: "Senhores passageiros, desculpa interromper o silêncio da sua viagem. Trago hoje a promoção...". Sério, num sei vocês, mas eu adoro esses caras! Eles fazem as minhas noites de trânsito extremamente felizes. Preferidos: Mentos por R$1,00, 5 paçoquinhas por R$1,00, 2 Disquetis (nada a ver com informática obsoleta) por R$1,00, 2 pacotes de Amendoim sem casca por R$1,00 e aquele kit com caneta-calendário e lapiseira por R$1,00. #Adoro!

5) Eu sempre tenho uma ideia f*d@ mas acabo esquecendo: Passo tanto tempo em ônibus que sempre acabo criando altos textos e até compondo músicas e poesias. Mas, como nunca anoto, acabo perdendo tudo. Uma pena! Às vezes são realmente coisas que prestam! Bem raramente, mas acontece!

=*