sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Da Série: Rapidinha do Trabalho (8)

Tem um colega de trabalho que é muito focado na sua função.
E, para isso, ele é prático e direto.
Fui cair na besteira de comentar o fato com ele:

Eu: Caraca, você é sutil feito uma retroescavadeira!
Ele: É que quando foram me contratar não especificaram que eu deveria ser sutil e sim, que eu fizesse meu trabalho com competência!

POU!

Tomei bonito para deixar de ser intrometida!
Hahahaha!

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Da Série: O lado bom da vida (2)

Há um pouco mais de uma semana um gato branco, porém encardido, estava no portão da minha casa miando insistentemente.
Eu, mesmo cansada, me abaixei para fazer carinho.
Que foi? Perguntei!
E foi com esse "convite" que ele entrou na minha garagem e na minha vida.

Miaaaaaaaau

Durante alguns dias, ele ficou do lado de fora da casa, comendo ração improvisada e entrando sorrateiro pela janela do meu irmão para dormir no aconchego do lar!

Oinnnn

Até que meu irmão deu um banho nele, tirou as pulgas e secou com um secador. Com pena de ele ficar imundo de novo e por causa da gripe (altas melecas escorrentas), minha mãe deixou ele ficar dentro de casa.
E aí, danou-se!


O abusado passou a perturbar a Dolly, deitar e rolar em todo e qualquer estofamento e encher a casa de fofura!
Aí você fala: Ecat, gato! Prefiro os cachorros!
Cara, você não sabe o que está dizendo!
Todos os animais têm temperamentos. Cabe aos donos compreender as diferenças e respeitá-las!
E não julgá-los pelo comportamento de outros de mesma raça...
O Guto (ah, esse é o nome dele), por exemplo, adooooooooooora um colo e muito carinho, come pedigree (a ração canina), implica com o rabo da Dolly (minha auau) e brinca com o osso dela.
Mas, faz xixi e cocô na caixinha de areia, toma banho de língua (é assim que chama?), dá saltos miraculosos e mia...muito...sempre que está com fome!
Ou seja, um CatDog...



A Dolly, que no início preferiu se manter a distância, já está acostumada com a ideia de ter um irmão mais novo tão implicante e folgado.

Minhas gostosuras!

Fato é que ele já é da família e vai comigo, junto com minhas roupas, TV, PC e cama, para a o apê!
=*

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Da Série: Realizando o sonho #1 (4)

Me disseram que com o passar dos meses eu ficaria menos ansiosa.
Caô! E dos brabos!
A cada programa de decoração, a cada obra na cidade, a cada papo de casamento eu fico mais e mais ansiosa. 
O agravante dessa semana foi a conversa que eu tive com uma amiga, cuja obra está na fase final, que foi fazer vistoria do apê dela e me mandou fotos e suas percepções, somado a alguns acontecimentos recentes que só me deixaram mais piroca essa semana!

De acordo com as fotos que estão no site e com o conhecimento que meu futuro sogro tem, as fundações já estão completas.
Mas, por alguma razão, eles acreditam que ainda faltam 60% para a obra começar.
Paciência, né? Afinal, faltam 641 dias para eu receber a minha chave!

#agilizaaegalera



terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Da Série: Twittando no Blogger... (46)

Sabe quando tudo está tão perfeito que você fica com medo de que algo aconteça para estragar sua vida? Então!

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Da Série: Rapidinha da mamãe (16)

Estávamos assistindo Caldeirão do Huck.
O quadro era Lar Doce Lar.
Na parede do Salão de Beleza, o arquiteto colocou a foto da Angélica.
O fato já havia sido comentado pela Jaque.
Daí:

Mãe: Olha quem ele colocou na parede!
Eu: ...
Mãe:  Claudia Leitte!

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Da Série: Twittando no Blogger... (45)

Um beijo na boca de língua rodando para o atendente da Oi que conseguiu configurar meu roteador!
#teamo

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Da Série: Rapidinha da Jaque (2)

Estávamos assistindo a novela.
E aí entrou a cena que o Gabriel Braga Nunes estava tocando flauta, sem mexer os dedos...
Então:

Susan: Caralho, olha isso! Ele toca sem mexer os dedos!
Jaque: Caraca, fala sério! Ele num podia tocar qualquer música boba, só pra fingir?
Susan: Num é?
Jaque: Até eu sei tocar aquela música...Como é o nome?
Susan: A barquinha?
Jaque: Não, aquela...Águia de asa...
Susan (abrindo um sorriso): ...
Jaque: NÃO! Asa Branca!
Susan: Hahahahaha!

Sempre ela!

Postado em 22/02/2014 por causa da trollagem do roteador

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Da série: Curtas de quinta... (2)

- "Tamo no verão, viado!"
Esses cariocas são muito incoerentes! Ta fazendo um calor modorrento. Aí cai uma chuvinha de nada e a temperatura cai de 40º C para 30º C.
Pronto, aí o povo já sai de casa de casaco e botas! #takipariu

- "Metrô Rio agradece a preferência e deseja a todos um bom dia!"
Primeiro a lentidão. O percurso que durava, em média, 35 minutos, ta demorando, no mínimo, 50 minutos!
Agora o calor! Todo dia eu quase morro de calor porque o ar condicionado não funciona! #tafoda

- "Oi, eu sou o Eduardo..."
Sério, to irritada com a falta de Internet!
A Oi resolveu parar de me trollar, só para dar lugar ao roteador.
Estou tentando configurá-lo desde segunda-feira, sem sucesso! #odionocu

- "Suuuuuuusan..."
E quando a sala de reuniões está ocupada justo na hora da reunião semanal com o gerente geral da empresa?
Vamos todos para o Starbucks tomar Fraputtino e comer Croissant, enquanto as estratégias da empresa são discutidas! #simplesassim


Postado em 22/02/2014 por causa da trollagem do roteador

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Da Série: Twittando no Blogger... (44)

Porque ela tem os #MELHORES amigos do mundo! 
Aeeeee Celle!!!
Nós te amamos!

#melhores
#2.4
#sisteraniversariante


  Postado em 22/02/2014 por causa da trollagem do roteador

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Da série: "Ahhhh, te amo!" (6)

A gêmea da Kamilla...
A ogrinha da Paulinha...
A Celle dos Melhores...
A minha sister...

Marcelle!

Amo essa foto!

Nós nos conhecemos há muitos anos, talvez uns 20, por causa das nossas famílias (ela é prima da minha prima), mas foi na escola, a partir da segunda série que ficamos amigas.

Ela vai me matar quando ver isso!

Ela sempre foi um moleque, mais do que eu e, por isso, na infância e início da adolescência, nossas brincadeiras se resumiam a:

- Colecionar tazo ou carta de pokemon/digimon;
- Jogar futebol: ela era atacante e eu goleira;
- Tocar flauta e cantar no fundo do ônibus: para felicidade dos amigos e desespero dos outros passageiros;
- Praticar Karate (sempre na minha vida e por muito tempo, na dela!)

A merda era ter que lutar com ela! =/

Calma, é só brincadeirinha pacífica entre amigas!

Mais tarde, os rapazes começaram a ser interessantes!
E quantas horas gastamos falando deles!?!
Lembro como se fosse hoje:

- Minhas explicações sobre ereção, ejaculação e doenças que a deixavam SUPER assustada;
- Conversas sobre a primeira menstruação, primeiro beijo, primeira vez;
- Os amores platônicos (às vezes correspondidos);
- As frustrações amorosas;

A verdade é que a "menininha" virou um mulherão, sem abandonar o jeito moleca de sempre!
Outra verdade é que, de tão juntas e por sermos tão mulecas, muitas pessoas num julgavam um casal!
Nossa reação? Tocar o foda-se!


Gente, olha minha cara de safada! Oo!

Parceira de praia e de boate, é uma das pessoas mais animadas que eu conheço, sendo a última a dormir e a primeira a acordar (tagarelando), mesmo depois de uma noite inteira de farra!
Aliás, a tagarelice é a marca registrada dessa pequena! Ainda mais depois de umas doses de tequila, permitidas pela maioridade!

Cantando pagode com  nossos microfones imaginários

Amiga leal e muito amada por todos! É o tipo de pessoa ao mesmo tempo louca e equilibrada que eu preciso para ser mais feliz!

E hoje é o aniversário dela!
Desejo a todas inimigas vida longa muitas felicidades e o sucesso que ela merece!

Celle, espero tê-la sempre em minha vida (perto ou longe) para que, juntas, possamos viver muitas aventuras!
Conte sempre comigo!
Te amo!

Também amo essa foto!

Postado em 22/02/2014 por causa da trollagem do roteador

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Da Série: Twittando no Blogger... (43)

Oi Velox e Multilaser na arte da trolação.
Cada dia uma das duas resolve não funcionar...
Ódio mortal!

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Da Série: Momento musical (15)

Em homenagem ao meu aniversário de quatro anos de namoro com meu momozin, segue a música mais brega que eu ouvi hoje e que resume muito bem nossa relação:

"Por você eu tenho feito
E faço tudo que puder
Pra que a vida seja
Mais alegre
Do que era antes

Tem algumas coisas
Que acontece
Que é você
Quem tem que resolver
Acho graça quando
Às vezes louca
Você perde a pose
E diz: "foi sem querer"

Quantas vezes
No seu canto em silêncio
Você busca o meu olhar
E me fala sem palavras
Que me ama, tudo bem
Tá tudo certo

De repente você põe
A mão por dentro
E arranca o mal pela raiz
Você sabe como me fazer feliz

Carne e Unha
Alma Gêmea
Bate coração
As metades da laranja
Dois amantes, dois irmãos
Duas forças que se atraem
Sonho lindo de viver
Estou morrendo de vontade
De você!

Alma Gêmea
(Fábio Jr.)


Postado em 16/2/2013 por causa da trollagem da Oi, que me deixou uma semana sem Internet.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Da Série: Jogos da infância (3)

Dando continuidade a essa série, um teste simples:

 (minhas respostas sublinhadas com comentários em vermelho)

1. Você possui um vocabulário:
A. Bem rebuscado repleto de palavras desconhecidas pela maioria. (Valeu, Drummond!)
B. Normal, porém com algumas gírias. (E o que é normal, gente?!)
C. Com mais gírias do que palavras normais. (Tá ligado na treta, malandrex?!)
D. Eu não falo. (What?)
(E). Bem articulado, com algumas palavras difíceis misturadas com outras mais comuns. (Como qualquer pessoa comum)

2. Você se acha:
A. Uma pessoa simples, quer ser igual a todo mundo e não pensa que é melhor do que ninguém. (Aham, Claudia, senta lá!)
(B). Eu nunca parei para pensar. (Estou me procurando ainda!)
C. O máximo, sou superior a quase todos, as pessoas tentam me superar mas nunca conseguem, apenas acham que conseguem. (Beijinho no ombro procê também!)
D. Um pessoa fracassada. (Que isso? Escalação para elenco de Glee?)
E. Um esplendor! Se existe outro mundo com outra civilização racional, não sei por que nasci justamente no meio de humanos. (Valeu, travesti!)

3. Você é um mentiroso?
A. Sim, o que é a vida sem a mentira? As vezes é necessário uma mentira aqui, outra alí, senão as coisas não andam. (Muita gente pensa assim, mas nunca fala uma verdade!)
B. Apenas uso mentiras pequenas do tipo, estava na escola quando na verdade estava na casa de um amigo. (Uma vez apanhei de cabeça pra baixo quando disse que ia pra um lugar e fui pra outro!)
C. É claro! Mentir é fundamental para se ter uma vida apropriada. (Gente! Que maníaco!)
D. Não, não sou a favor de mentiras em nenhuma situação. (Aham, valeu!)
(E). Depende, minto só na hora em que estou precisando mesmo. (Não é exatamente minha resposta preferida, mas, eliminando, foi a que restou!)

4. Você possui vontade de praticar alguma atividade abaixo:
(A). Pular de Bang Jump. (Simmmmmmmmmmmmmm!)
B. Escalar o Monte Everest. (Nãããããããããããããão!)
C. Tirar um racha em plena avenida paulista, de preferência com a polícia em seu encalço. (Velozes e Furiosos, essa merda!?)
D. Pular de um avião sem para-quedas e esperar que seu amigo o pegue em pleno ar. (#Deusmelivreeguarde)
E. Nenhuma. (Chateenhaaaa!)

5. Em situações sociais complicadas, você:
A. É do tipo pacífico que não se deixa abalar por besteira e acaba acalmando os amigos. (Ahnnnnnn...não?!)
B. É estourado, fala o que vier na cabeça e não se preocupa com o que vai dizer. (Eu costumava ser assim sempre, agora só quando a situação já ta fodida!)
C. É super estourado, porém só fala coisas que vão realmente deixar a pessoa no chão. (Caralho! Dumal!)
(D). Prefere não discutir. (Prefiro esfriar a cabeça e conversar depois!)
E. Não discute, apenas faz o que deve ser feito. (Tipo dar um soco na cara do amiguinho?)

6. Em situações de difíceis escolhas, você:
A. Não quer nem saber, faz e faz com vontade sem se preocupar com as consequências. (Ahh danaaaada!)
(B). Pensa antes de tomar qualquer decisão complicada. (E muitoooo, às vezes até demais!)
C. Nunca se mete em situações difíceis. (Porra, me ensina como!)
D. É impulsivo, acaba fazendo por extinto. (Não quando se trata de escolhas difíceis!)
E. Faz o que for necessário, afinal, "seu plano é o dia de hoje". (Ah ta, e amanhã que se foda, né?)

7. Relacionamentos
A.Você prefere estar sempre sozinho. (Forever Alone!)
B. Você gosta de ter um grupinho, e não mais do que isso. (No Zap Zap?)
C. É indiferente à pessoas. (Dexter!)
(D). Gosta de ter amigos de verdade. (E quem não?)
E. Não tem preferência. (Como não, caceta?)

8. Uma pessoa vem desabafar você você, o que você pensa?
A. Sério? (E por que não?)
B. Nossa, que pena... (Porra, depende da história, né?)
(C). Eu gostaria muito de ajudar. (Eu SEMPRE me meto!)
D. Acho que vou perguntar... (Oi?)
E. E daí? (Daí o que, piranha?)

9. Quando você perde um amigo, você se sente:
A. Abalado. (Que coisa gay!)
B. Frustado. (Po, depende do motivo, né?)
C. Quer morrer. ("Exageraaaado, jogado a seus pés...")
D. Incrédulo. ("Como assim, cara?")
(E). Triste. (Claro!)

10. Quais dessas abaixo palavras lhe agrada?
A. Desejar (Uiaaaaaa)
B. Ter (Depende, depende)
C. Possuir (Uiaaaaaa)
D. Querer (E não ter é foda!)
E. Fazer (E acontecer!)

11. Você é organizado?
(A). Sim, gosto de TUDO marcado, com dia, horário etc. (Chata pacarai)
B. Não, prefiro que as coisas aconteçam. (Muito ansiosa para ser assim!)
C. Não sei o que é organização. (Procura um dicionário)
D. Organização só serve na hora exata. (Oi?)
E. Sim, como posso eu não ser organizado? (Não sei, pergunta ao seu eu lírico!)

12. Nos trabalhos em grupo na escola, você:
(A). Era quem organizava, ditava as regras e decidia o que ia ser feito. (Tipo assim!)
B. Nunca optava, deixava o outros decidirem. (Nunca serão!)
C. Não fazia trabalho em grupo. (Aloka!)
D. Além de determinar todas as regras, ainda era quem acabava fazendo o trabalho sozinho, pois não confiava em ninguém mais do que você. (Um pouco assim, dependendo do grupo!)
E. Era quem propunha para que todos entrassem em consenso para decidirem juntos. (Ahhhhhn, não?)


Resultado: Esta é média da população em geral. Pessoas normais são aquelas que sentem vontade de cometer delitos, contudo sua consciência avisa que aquilo é errado. Caso cometa alguma ação se seja contra as regras sociais, sente culpa e tenta não cometer o mesmo erro novamente. Se você atingiu de 3 a 11, você está na média das pessoas comuns, se respondeu alguma pergunta errada, sua consciência o está acusando, se não estiver...

Ufa!

;P

Postado em 16/2/2013 por causa da trollagem da Oi, que me deixou uma semana sem Internet.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Da Série: Twittando no Blogger... (42)

Interessante como é o amadurecimento. Coisas que me irritavam muito no passado são mais toleráveis!
Entretanto não estou totalmente madura, porque a maldita Oi Velox continua me tirando do sério!
#vemlogoproAltoGVT

Postado em 16/2/2013 por causa da trollagem da Oi, que me deixou uma semana sem Internet.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Da Série: Twittando no Blogger... (41)

Metrô Rio se juntou a Oi no propósito de f*der com a minha paciência!
A internet caiu na sexta (dia 7/2) e até agora não voltou.
A viagem entre Sãens Peña e Cantagalo que durava, em média, 35 minutos, ta durando, no mínimo, 50!
#tomanocuprala

Postado em 16/2/2013 por causa da trollagem da Oi, que me deixou uma semana sem Internet.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Da Série: Rapidinha da mamãe (15)

Terça-feira.
Tarde.
Estou no trabalho. Telefone toca e é ela:

Mãe: Su?
Eu: Oi mãe!
Mãe: O que é Beyblade? (pronunciando "beibláde")
Eu (confusa): O quê?
Mãe (falando mais alto): O QUE É BEYBLADE? (pronunciando "beibláde")
Eu (compreendendo): Seria Beyblade? (pronunciado "beibleidi")
Mãe: Sei la. É esse negócio que você postou no "What's app"!
Eu (rindo): Beyblade é uma droga de um brinquedinho, mas é uma expressão para quando dá merda!
Mãe (rindo): Ahhhhh...
Eu + colegas de trabalho: Hahaha


Postado em 16/2/2013 por causa da trollagem da Oi, que me deixou uma semana sem Internet.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Da Série: Rapidinha da Jaque

Já contei sobre a Jaque, né?
Pois é, ela está morando aqui em casa e soltando as pérolas como sempre!

Estávamos, por pura falta de coisa melhor pra fazer, assistindo ao "Sai do chão" da Paula Fernandes.
Estava zuando a Jaque, porque ela conhecia todas as músicas bregas da mulher.
Até que chegou a um momento, quando a Paula Fernandes estava se apresentando com a Roberta Miranda:

Jaque: Como é o nome daquela outra que é peituda?
Eu (pensando "wtf?", olhando pra ela): ?
Jaque: Ahhh, Fafá de Belém!
Eu: Que que tem?
Jaque: Faltou ela aí...
Eu (pensando "whatever"): ...
Jaque (cantando baixinho): Então é Nataaaal...
Eu: Só que, no caso, quem canta essa música é a Simone.
Jaque (percebendo a merda que tinha acabado de sugerir): Hahahahaha


Postado em 16/2/2013 por causa da trollagem da Oi, que me deixou uma semana sem Internet.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Da Série: Falta do que fazer/falar (24)


Tá foda!

Postado em 16/2/2013 por causa da trollagem da Oi, que me deixou uma semana sem Internet.

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Da Série: Jogos da infância (2)

Eu nunca

Experimentei drogas
Quando criança, minha mãe me mostrou as consequências do uso das drogas através de livros, filmes e pessoas da minha rua.
E nisso eu incluo o cigarro, que eu considero uma das piores drogas que existe.
Justamente por entender que a sensação deve ser boa, nunca quis experimentar para não viciar.

Dei PT

Já bebi em uma mesma noite Vodka, Tequila e Whisky e o resultado foi: Muita felicidade seguida de muito sono!
Meu namorado ADORA jogar na minha cara a vez que vomitei depois de beber, no casamento da prima dele.
Em minha defesa: Eu lembro de TUDO, eu não fiz nada louco (como ele, que dançou com uma Palmeira) e eu tava enjoada porque estava de estômago vazio e enchi o rabo de salgadinho antes de passar a noite à base de Pro Secco.

Beijei uma menina na boca

Para lembrar, não tenho qualquer tipo de problemas com homossexuais.
Só que, diferente do que muitas pessoas acham, eu não sou lésbica e nunca nem experimentei uma boca feminina.
Quase fiz teatro, o que talvez teria alterado esse status de "BV homossexual".

Viajei para o exterior
Muiiiiiiiiiiiiiiiita vontade!
Nunca tive dinheiro. Agora que tenho, não sobra tempo!
Em 2016 pretendo perder minha virgindade de viagens internacionais em grande estilo: Cancun!

Fui apaixonada por um professor
Sempre tive três tipos de professores: velhos, viados e feios.
Depois que cresci, meus professores até eram bonitos e heteros, mas não estava mas na vibe de amor platônico!

Postado em 16/2/2013 por causa da trollagem da Oi, que me deixou uma semana sem Internet.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Da Série: O lado bom da vida

Como eu  disse no início do ano, eu vou procurar ser mais positiva para encontrar a felicidade nas pequenas coisas do dia-a-dia.
Para começar essa série, escolhi meu novo local de trabalho para exemplificar essas mini alegrias...

Em Copacabana...

* Existem senhores "sem vergonha e sem juízo" que vão à praia só de sunga e tênis, sem se importar com o pudor alheio;
* As pessoas passeiam com 3, 5, 15 cachorros mega fofos ao mesmo tempo, se preocupando em limpar suas sujeiras;
* Turistas (gringos e brasileiros) passeiam com sorrisos embasbacados pela beleza da praia e, sobretudo, do Arpoador;
* Toda sorte de comércio à disposição;
* Artistas diversos passeiam pela orla com seus cães, filhos e amigos;
* Casais de velhinhos andam de mãos dadas, com o amor de décadas em seus olhos e atitudes;
* Cachorros com sapatinhos, roupas e até óculos escuros dentro de carrinhos de bebê;
* Maresia que ameniza o calor infernal do Hell de Janeiro;

=)

Postado em 16/2/2013 por causa da trollagem da Oi, que me deixou uma semana sem Internet



quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Da Série: Rapidinha do Johnny Wallace

Não, não é um whisky!
É o nome do meu irmão!
E é dez vezes mais babaca do que eu...

Para contextualizar...

Por causa do calor, os mosquitos invadiram minha casa.
Estão por todos os lados, banheiro, cozinha, quartos, sala...Um inferno!
Mas os piores locais, segundo meu irmão, são: embaixo da mesa da cozinha e perto da privada...
Ele sempre reclama que ao sentar para comer e cagar (nos seus respectivos ambientes), começa, imediatamente, a ser atacado pelos maledetinhos...

Pois então.

Estávamos à mesa depois do jantar e de repente, ao olhar para cima, Johnny percebeu a quantidade de mosquitos que estavam "grudados" no teto. Eis, então, que solta a seguinte frase:

" Eles sugaram a energia das minhas pernas e foram para o alto para não serem assassinados!"



quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Da Série: Rapidinha do Trabalho (7)

19h.
Cobertura.
Éramos 6 pessoas descendo de elevador (que é bemmm pequeno): eu, duas colegas de trabalho e meu chefe, além de um senhor e uma garota aleatórios.
Alguns andares abaixo, a porta abre e uma menina demonstra intenção de entrar.
Vamos chamá-la de "menina do andar de baixo".

Menina do andar de baixo: Cabe mais um?
Menina aleatória (abrindo espaço): Aham...
Senhor aleatório (irritado): Caber, cabe, mas tem o limite de pessoas e de peso para o elevador.
Menina do andar de baixo (confusa): Qual o limite desse elevador?
Menina aleatória (acabando com as dúvidas): 7 pessoas.
Menina do andar de baixo (falando grossamente, enquanto olhava torto pro tio): Ah tah!
Senhor aleatório (sem graça): ...

Portas abrem.
Gargalhadas eternas!

=* no ombro!

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Da série: "Eu tenho uma pergunta... (19)

Quanto tempo vive um hamster?
Porque os meus estão indo para o terceiro ano de vida...
To com medo de eles serem animagos!
Oo'

domingo, 2 de fevereiro de 2014

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Da Série: Susan Kate também é cultura.. (5)

Não dói compartilhar minhas impressões sobre os livros que li, os filmes que vi e os espetáculos que assisti no mês, né?
Então vejamos...

----------------------------------------------------------------

Livros

Inferno (Dan Brown)

De todos os três livros que li do autor, esse foi sem dúvida o mais cheio de ação.
Sem deixar de lado aquela pegada de contar em detalhes a cena que se desenrola, fazendo com que você se sinta nas ruas de Florença, ao mesmo tempo que faz paralelos históricos sobre a vida e a obra de Dante Alighieri.
Achei o tema muito bom. Me fez pensar e, de verdade, concordar com o vilão em certo ponto.
Não darei detalhes, mas, apesar de gostar do final, achei que ficou meio xoxo.
Super indico!

Kardec - A biografia (Marcel Souto Maior)

Conta a história do fundador da doutrina espírita, que eu sigo.
O autor fez um belo trabalho na biografia do Chico, mas achei um pouco prolixo neste livro.
Já assisti uma peça que abordou certos pontos da vida de Kardec de uma forma mais resumida e divertida.
Mas, trouxe detalhes que eu não conhecia e que são bem legais.
Gostaria também que ele tivesse sido um pouco mais cronológico, porque ele acaba indo e voltando no tempo, o que pode deixar um leigo confuso.

----------------------------------------------------------------

Filmes

Ajuste de contas (Cinema)

Preciso dizer que eu amo filmes de luta? EU AMO FILMES DE LUTA!
O filme em si é bobo. Dois lutadores de boxe que, após 30 anos, irão se enfrentar novamente.
Só que os atores principais (Stalonne e De Niro) são ÓTEEEMOS!
Não traz nada além de entretenimento.
O que, convenhamos, já é de se esperar de um filme de luta, né?
Adorei!

O lado bom da vida (Telecine)

Baseado em um livro, conta a história de um professor bipolar que conhece uma viúva ninfomaníaca, logo após sair do hospital psiquiátrico por ter agredido o amante da mulher.
Os atores são muito bons! Prova disso é que a fofíssima Jennifer Lawrence ganhou um Oscar de Melhor Atriz pela atuação nesse filme.
Eu ri, chorei, torci e comemorei.
É daqueles para assistir com um balde de pipocas!
Amei!


Os croods (Netfllix)

AMOOOO ANIMAÇÃO! Mas quase nunca tenho companhia para assistir no cinema, e por isso, sempre espero chegar no Telecine/Netflix.
O interessante é que todos os desenhos animados trazem o lado divertido para as crianças e a lição de moral para os adultos.
No caso desse filme, a lição é:
Pais: Vocês não podem proteger seus filhos de tudo! Tem que deixá-los crescer e viver suas aventuras!
Filhos: Seus pais criam regras na tentativa de protegê-los dos perigos do mundo! Muitas vezes, eu diria quase sempre, eles têm razão!
"Ninguém é tão grande que não possa aprender e nem tão pequeno que não possa ensinar!"

----------------------------------------------------------------

Espetáculos

Como é que pode? (Teatro dos Grandes Atores)

Mistura humor e mágica num espetáculo de 60 minutos.
Já tinha visto trechos na Internet, mas ao vivo é bem legal, porque você fica tentando entender como ele faz a parada e dá aquele ódiozinho.
Só achei uma pena que passa rápido e tem uns vídeos meio sem graças que gastam um tempo danado.
Mas eu recomendo.

----------------------------------------------------------------

Nem parece que eu gosto de ler, né? Minha média normal é de 4 livros por mês, mas esse Janeiro foi um caso a parte! Fevereiro a situação muda, cês vão ver!
Mas e aí? Alguma indicação?

beijo =*